• 20 de abril de 2021

PRESENTE PARA CEILÂNDIA | GDF anuncia inauguração da Casa da Mulher Brasileira no próximo mês

As mulheres em situação de violência do Distrito Federal vão poder contar com um espaço de atendimento humanizado de excelência. O primeiro passo para que elas possam a ter acesso a esse serviço foi dado na tarde dessa quarta-feira (10), quando a secretária da Mulher, Ericka Filippelli, recebeu as chaves do prédio que vai abrigar a nova Casa da Mulher Brasileira. A primeira etapa da instituição começa a funcionar no início de abril.

“Vamos oferecer um atendimento integral às mulheres. Aqui será um espaço onde pretendemos realizar até a capacitação das mulheres”Ericka Filippelli, secretária da Mulher

“É um sonho que está se tornando realidade”, disse, emocionada, Ericka Filippelli. Parece exagero, mas não é. A abertura da Casa da Mulher, em Ceilândia, é resultado da luta do GDF, que buscou todos os meios para reativar um dos mais importantes instrumentos de atendimento e acolhimento de mulheres em situação de violência. A unidade é, na realidade, uma conquista e um presente à mulher brasiliense.

Leia também  MAIS CANAIS DE ATENDIMENTO | Governo Ibaneis amplia serviços de assistência à mulher

A vitória foi captaneada pela Secretaria da Mulher, Ericka Filippelli, para oferecer um local digno de acolhimento às mulheres em situação de vulnerabilidade, desde que o prédio da instituição, na Asa Norte, foi interditado pela Defesa Civil, em 2018.

Depois de negociações com o Governo Federal, dono do antigo espaço, foi assinado um Termo Aditivo do convênio de manutenção da Casa da Mulher no DF. O documento assegurou o repasse de R$ 13 milhões para a Secretaria da Mulher, pelos próximos dois anos, para o aluguel e manutenção do edifício.

A Casa da Mulher presta assistência integral e humanizada às mulheres em situação de violência, facilitando o acesso aos serviços especializados e garantindo condições para o enfrentamento, o empoderamento e autonomia econômica das vítimas. “Vamos oferecer um atendimento integral às mulheres. Aqui será um espaço onde pretendemos realizar até a capacitação das mulheres”, revelou a secretária Ericka Filippelli.

Leia também  VIDA EM VÊNUS | Rússia vai retomar envio de missões ao planeta após descoberta

Acolhimento

O projeto da nova Casa da Mulher Brasileira é arrojado. O prédio de cinco andares, totalizando 2 mil metros², será ocupado por órgãos e serviços afim de atenderem da melhor forma possível as mulheres. O edifício, na CNM 01, Bloco I, lote 3, no coração de Ceilândia, foi entregue totalmente pronto à Secretaria da Mulher. Serão feitas algumas intervenções, mas essas obras visam somente à adequação dos espaços, de acordo com a sua destinação.

O primeiro andar, que já estará aberto à população no início de abril, vai abrigar as salas de acolhimento, auditório, refeitório e brinquedoteca.

Leia também  AUMENTO DE 40% | Sete em cada 10 vítimas de feminicídio em SP foram mortas em casa

O segundo andar terá uma área administrativa, espaços para treinamentos e cozinha industrial, além de salas de reunião e de monitoramento. No terceiro andar serão instalados os órgãos jurídicos, como a Delegacia da Mulher, Núcleo Especializado da Defensoria Pública, Juizado de Violência Doméstica e o Ministério Público.

Os espaços para atendimento individualizado ou em grupo estarão no quarto andar, enquanto o alojamento de passagem das mulheres acolhidas na Casa e o alojamento dos servidores serão instalados no quinto andar.

“Estamos levando um serviço público de excelência para o coração do Distrito Federal, descentralizando os serviços e tornando-os mais acessíveis à população, para atender quem precisa, como o governador Ibaneis Rocha sempre pede”, resumiu a secretária da Mulher.

(Agência Brasília)

Foto: Paulo H. Carvalho/Ag. Brasília 

Avatar

expressaobrasiliense

Read Previous

PARA CONTINUAR COM AS COMPETIÇÕES | CBF apresenta protocolo e afirma que futebol é ambiente seguro

Read Next

PARA CONTER AVANÇO DO CORONAVÍRUS | GDF vai endurecer fiscalização nas ruas e coibir aglomerações