• 25 de outubro de 2020

PCC EM BRASÍLIA | Integrante da facção de Marcola é preso no Recanto das Emas

Foragido há mais de quatro anos, Edson de Souza Campos (foto em destaque), vulgo Neguinho, foi preso pelos agentes da Diretoria Penitenciária de Operações Especiais (DPOE), da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seape), na manhã desta sexta-feira (25/9), no Recanto das Emas. Ele pertence ao Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa liderada por Marcos Camacho, o Marcola, que está preso na Penitenciária Federal de Brasília, no Complexo da Papuda.

Leia Mais

ELES ESTÃO CHEGANDO | Prisão de integrante do PCC pela PMDF deixa claro que o bando de Marcola está se instalando em Brasília

Neguinho foi encaminho à 27ª Delegacia de Polícia, localizada no Recanto das Emas. Ele integra o grupo do PCC que atua no tráfico de drogas, roubo e extorsão. As ações são comandadas de dentro do presídio e passadas por celulares e cartas.

Leia também  ABASTECIMENTO DE ÁGUA | Obra do Sistema Corumbá está com 97% já concluída

Em 2015, Neguinho foi alvo da Operação Avalanche da Polícia Civil do DF que investigava as ações que estavam sendo programadas para ser realizadas aqui na capital federal. Edson Campos também é acusado de atuar no aliciamento de pessoas para fazer parte do bando. Para entrar na facção criminosa, há evidências que os iniciados pagam mensalidade no valor de R$ 400 e ainda tem que vender rifas e outros sorteios para financiar despesas com advogados e custeio da quadrilha.

Da Redação

Foto: Reprodução do portal Metrópoles

* Matéria atualizada as 20h04. A informação do tempo em que Neguinho esteve foragido foi corrigida para 4 anos e não 16 como constava antes.

Avatar

expressaobrasiliense

Read Previous

SEM PÚBLICO | Reunião da CBF para definir reabertura dos estádios para a torcida termina em confusão

Read Next

APÓS DÉCADAS DE ABANDONO | Pedalinho do Parque da Cidade será reativado em outubro no Festival Flutua