• 14 de junho de 2024

CARTÃO MATERIAL ESCOLAR | Beneficiários do programa tem até dia 11 de junho para utilizar recursos do auxílio

Os beneficiários do Cartão Material Escolar (CME) de 2024 têm até a próxima terça-feira, 11 de junho, para utilizar o saldo do auxílio disponibilizado pelo Governo do Distrito Federal (GDF). Segundo dados do Banco de Brasília (BRB), que faz a gestão do benefício, até esta quinta-feira (6), o montante disponível em 66.849 cartões ainda com saldo é de R$ 4.471.176,76 . Após o fim do prazo estabelecido, os recursos que não forem usados serão revertidos aos cofres públicos.

Também entre os cartões com saldo há 8.291 que sequer tiveram qualquer movimentação dos titulares desde a concessão do auxílio. Quem tem direito ao benefício, mas ainda não retirou o cartão, deve buscar orientação no site GDF Social ou na Central de Atendimento 156, opção 2.

“Gostaríamos de lembrar a todos os beneficiários sobre a importância do uso do Cartão Material Escolar, destinado à aquisição de material escolar. Com o prazo de utilização se encerrando no dia 11, é essencial que todos fiquem atentos para garantir que aproveitem essa oportunidade. O CME é uma ferramenta valiosa para apoiar a educação de nossos estudantes”, destaca Fernanda Mateus, subsecretária de Apoio às Políticas Educacionais (Suape) da Secretaria de Educação (SEEDF).

A verificação do saldo disponível no Cartão Material Escolar deve ser feita pelo aplicativo do Banco de Brasília (BRB) ou pelo site GDF Social. Caso todo o valor do benefício tenha sido utilizado, não é necessário tomar nenhuma providência.

As compras devem ser feitas nos estabelecimentos credenciados pelo GDF, que podem ser consultados aqui. A utilização dos recursos dentro da data estabelecida garante o aproveitamento dos valores investidos pelo GDF na educação de crianças e jovens do Distrito Federal.

Benefício

O Cartão Material Escolar é uma iniciativa para auxiliar financeiramente famílias de baixa renda que sejam beneficiárias do programa do governo federal Bolsa Família no custeio de materiais essenciais para a educação dos estudantes de 4 a 17 anos.

São disponibilizados R$ 320, para cada estudante da educação infantil, do ensino fundamental e do ensino especial, e R$ 240, para os alunos do ensino médio. Cada família conta com apenas um cartão, independentemente da quantidade de filhos aptos para o benefício. No caso de famílias com mais de um estudante matriculado na rede pública, os recursos são assegurados no mesmo cartão.

(Agência Brasília)

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Brasília

Acompanhe o Expressão Brasiliense pelas redes sociais.

Dá um like para o #expressaobrasiliense na fanpage do Facebook.

Siga o #expressaobrasiliense no Instagram.

Inscreva-se na TV Expressão, o nosso canal do YouTube.

Receba as notícias do Expressão Brasiliense pelo Whatsapp.

Expressão Brasiliense

Read Previous

AGÊNCIA DO TRABALHADOR | Semana termina com mais de 530 vagas de emprego

Read Next

SindSaúde realiza assembleia com servidores do Hospital Regional do Paranoá