• 23 de maio de 2022

COM SHOWS DE GERALDO AZEVEDO, SANDRA DE SÁ E JORGE VERCILLO | Começa na quarta (11) a 2ª Feira Nacional do Artesanato e das Flores de Brasília

A 2ª Feira Nacional do Artesanato e das Flores vai ser realizada entre os dias 11 e 15 de maio, no Complexo Cultural Funarte. Artistas nacionais de peso, como Geraldo Azevedo, Sandra de Sá e Jorge Vercillo estão confirmados. A classificação é livre, com entrada gratuita.

No evento, o público poderá conferir mais de 200 estandes e adquirir plantas e flores diretamente do produtor, além de conferir espaços de artesanato e participar de palestras sobre gastronomia.

Leia também  PARA ENCANTAR OS OLHOS | Brasília Iluminada poderá ser visitada até o dia 17 de janeiro

A 2ª Feira Nacional do Artesanato e das Flores é realizada pela Associação Artise de Arte, Cultura e Acessibilidade, e conta com o apoio da Secretaria de Turismo do DF e Emater DF.

Programação completa:

QUARTA, 11/05: das 18hs à 0h
Mauricio Meireles  (stand up comedy)

QUINTA, 12/05: das 10h à 0h
Os Melhores do Mundo: Peça Misticismo (humor)

Leia também  REFORÇO NO ORÇAMENTO | Rafael Prudente anuncia destinação de R$ 15 milhões para administrações regionais

SEXTA, 13/05: das 10h à 0h
Sandra de Sá (MPB, Samba rock)

SÁBADO, 14/05: das 10h à 0h
Dani Machado (MPB)
Jorge Vercillo (MPB, Pop Rock)

DOMINGO, 15/05: das 10h à 0h
Makena (sertanejo)
Geraldo Azevedo (Frevo, Forró)

Serviço:

2ª FEIRA NACIONAL DO ARTESANATO E DAS FLORES DE BRASÍLIA
Data: 11 a 15 de maio de 2022
Quarta (11/05), das 18h à 0h;
Demais dias: das 10h às 0h
Local: Complexo Cultural Funarte (ao lado da Torre de TV)
Entrada: gratuita
Informações: (61) 98424-5837 (whatsapp)
Instagram: @feiradeartesanatoefloresbsb

Leia também  NO PARQUE DA CIDADE | Pré-carnaval do Bloco Encosta que Cresce será dia 16

Foto: Divulgação/Material Cedido

Expressão Brasiliense

Read Previous

AGÊNCIA DO TRABALHADOR | Semana começa com mais de 300 vagas de emprego disponíveis

Read Next

‘LULA COM CHUCHU’ | Alckmin diz que parceria com petista vai virar ‘hit culinário’