• 23 de julho de 2024

MORREU POR HEMORRAGIA AGUDA | Perícia conclui que torcedora palmeirense foi atingida por garrafa no pescoço

A torcedora palmeirense Gabriela Anelli morreu devido a “hemorragia aguda externa traumática”, em decorrência do ferimento causado pela garrafa que atingiu o seu pescoço aponta o laudo do Instituto Médico Legal (IML) de São Paulo. O caso ocorreu durante uma confusão entre torcedores do Palmeiras e Flamengo no entorno do Allianz Parque, no dia 8 de julho.

Um documento emitido pela Polícia Científica, divulgado na terça-feira (25), afirma que a vítima foi ferida em frente para um portão, que dividia as torcidas no estádio. As imagens da briga apreendidas pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) ajudaram a perícia a entender como o ferimento foi provocado na região do pescoço.

De acordo com o laudo, nos vídeos é possível ver um homem de blusa cinza, que é flamenguista, jogando uma garrafa de cerveja em direção à torcida adversária. A garrafa teria batido contra a quinta do portão, do lado esquerdo, e coincide com o momento em que “Gabriela leva as mãos ao pescoço”, diz o laudo. Gabriela chegou a ficar internada por dois dias, mas não resistiu.

Jonathan Messias Santos da Silva foi preso nesta terça-feira, 25, no bairro Campo Grande, no Rio de Janeiro. Ele foi apresentado na unidade policial do Rio, e chegou em São Paulo na madrugada desta quarta-feira, 26.

Com informações do portal Terra

Foto: Reprodução/Google Imagens

Acompanhe o Expressão Brasiliense pelas redes sociais

Dá um like para o #expressaobrasiliense na fanpage do Facebook. 

Siga o #expressaobrasiliense no Instagram

Inscreva-se na TV Expressão, o nosso canal do YouTube.

Receba as notícias do Expressão Brasiliense pelo Whatsapp.

Expressão Brasiliense

Read Previous

MAIS TRÊS EDITAIS | GDF vai contratar rede particular para realizar mais 4 mil cirurgias eletivas

Read Next

PROCESSO SELETIVO | Sesc-DF abre vagas para professores especialistas em 16 áreas