#RENAN-NÃO!

Por General Paulo Chagas

Caros amigos

Uma “Ilusão Libertária”, em relação incestuosa com o movimento das “Diretas Já”, gerou uma “Constituição Cidadã”, cujo parto, longo e complicado, teve como parteira uma Câmara de Deputados auto proclamada de “constituinte”!

Os parteiros e a descendência degenerada dessa relação espúria quase transformaram o Brasil em uma aberração circense.

Renan Calheiros foi um dos parteiros da “Cidadã” e tem estado, desde então, entre os principais protagonistas da confusão jurídica, da hipocrisia e da roubalheira que tomaram conta do País.

Renan é acusado de corrupção em 12 inquéritos, sendo 9 na Lava Jato. Sua atuação parlamentar é um libelo ao anacronismo e às maquinações demagógicas de quem só pensa em si mesmo, acobertado pela aposta na ignorância e na tolerância do sofrido e iludido povo alagoano.

Para eleger-se Presidente do Senado, Renan confia nas migalhas esquerdistas e corruptas que ainda restam no Congresso e quer “Lula livre” como argumento para não ser preso.

Com o Senado sob seu controle, ele poderá manter seguros e tranquilos os ministros do STF e, consequentemente, os processos em que é reu em banho maria.

Renan Calheiros é algo que rima com “basta”, o grito de revolta do povo brasileiro, acuado e indignado com tudo que ele e sua geração representam.

#RENAN-NÃO (na Presidência do Senado), apenas para começar, já que a lata de lixo ainda não foi o seu destino na história política do Brasil!

Por General Paulo Chagas, cidadão brasileiro e ex-candidato a governador do DF em 2018.

Foto: Google Imagens

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s