Temer tem até dia 29 para vetar ou sancionar o aumento dos ministros do STF

O presidente da República, Michel Temer (MDB) tem até o dia 29 deste mês para decidir se vetará ou dará o aumento dos ministros do STF. Em encontro com o presidente do tribunal, ministro Dias Toffoli, Temer condicionou a aprovação do reajuste salarial se os ministros acabarem com o auxílio-moradia. Toffoli disse que o STF somente decidirá sobre o benefício após o aumento.

Desde setembro de 2014, juízes, procuradores, desembargadores, promotores e membros dos tribunais de contas recebem auxílio-moradia no valor de R$ 4.333,00 mensais, mesmo que tenha imóvel próprio.

Os salários dos ministros do STF passarão de R$ 33 mil para R$ 39 mil, aumento de 16,38%. Além do Judiciário, a medida provocará aumento das despesas no Executivo e no Legislativo já que o salário dos ministros é utilizado como parâmetro para o teto do funcionalismo público.

Adivinha quem vai pagar essa conta?

Da Redação

Foto: Google Imagens

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s