PF conclui inquérito dos Portos e indicia Michel Temer por corrupção

O presidente da República, Michel Temer recebeu uma notícia nada agradável na tarde da última terça-feira (16). A Polícia Federal entregou para o Supremo Tribunal Federal (STF) o relatório final do inquérito dos Portos indiciando Temer por crimes de corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Além de Temer, sua filha, Maristela Temer, o ex-assessor especial da Presidência e ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (MDB), seu amigo e fiel escudeiro, coronel João Baptista Lima Filho e sua esposa, Maria Rita, pessoas ligadas à empresa Argeplan, do ex-militar e empresários da Rodrimar, constam no relatório da PF. O indiciamento significa que a Polícia Federal concluiu haver indícios suficientes dos crimes imputados aos investigados.

O caso foi encaminhado pelo ministro do Supremo Luís Roberto Barroso para a Procuradoria Geral da República (PGR), que tem até 15 dias para se pronunciar por meio de parecer e decidir se apresenta ou não denúncia à Justiça. Se a PGR denunciar Temer ao STF, a Câmara dos Deputados terá de autorizar o prosseguimento do processo.

Da Redação com informações do portal G1

Foto: Google Imagens

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s