A mira está voltada para Izalci

A mira está voltada para Izalci

Os últimos acontecimentos em desfavor ao deputado federal, Izalci Lucas, que também é o presidente regional do PSDB/DF, me faz ficar com uma pulga atrás da orelha. Afinal, por que ele anda incomodando tanto? Izalci terá que vencer uma batalha interna em seu partido, tanto política quanto judicial. Terá ainda que mostrar ao grupo o qual faz parte que ele é o cara que chegará a um possível segundo turno com Frejat (PR) (já consolidado como o homem a ser batido). E ainda tem que se livrar de suas pendências judiciais sozinho. Ou seja, vai ter que ter muito jogo de cintura para vencer esses obstáculos.

E por que ele incomoda tanto? Segundo interlocutores, se Izalci chegar a um segundo turno com Frejat, ele leva. Se chegar a um segundo turno com qualquer outro candidato, Izalci leva. Então, deve ser por isso que Izalci vem incomodando. Porém, o tucano brasiliense tem mostrado a que veio e não tem se intimidado com as ações do grupo que quer lhe tirar o comando da legenda (que segundo dizem são ligados a Rollemberg (PSB)) e dos ataques que vem sofrendo, até mesmo do conhecido fogo amigo.

 

Arruda deverá transferir votos para Flávia

No lançamento da pré-candidatura da ex-primeira dama do DF, Flávia Arruda (PR) como deputado federal, na última terça-feira, ficou claro para todo mundo que o ex-governador Arruda ainda consegue reunir muita gente ao seu lado e que ele conseguirá transferir muitos votos para a sua digníssima esposa.

 

Filippelli está recluso em seu silêncio?

33028704_1749912495076784_5395206800473587712_nTem sido difícil ver Filippelli (MDB) por aí. Segundo uma fonte do MDB, o emedebista tem preferido agir nos bastidores e tem realizado muitas reuniões internas. Porém, ele já está em pré-campanha. Ainda de acordo com interlocutores, Tadeu Filippelli tem participado de reuniões com alguns pré-candidatos como a da foto ao lado onde está discursando em um evento ao lado do deputado federal, Rôney Nemer (PP), seu fiel escudeiro.

 

A “Greve dos Caminhoneiros” teria motivação política

Já começam a circular nos corredores que a “Greve dos Caminhoneiros” tem forte influência da direita radical visando dar sustentação ao projeto político de fazer do deputado federal, Jair Bolsonaro (PSL) o próximo presidente. Que o objetivo maior da paralisação é mostrar os abusos nos impostos e preços para a população e abrir caminho para o discurso inflamado que o caos tomou de conta do País e que a solução passaria pelos “milicos” ou eleger o capitão carioca. Tem gente que diz que tem político por de trás do comando da categoria.

 

Da Redação

Foto: Google Imagens

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s