Mãe acusa bombeiro pré-candidato à CLDF de furtar R$ 300 mil dela

Pré-candidato a deputado distrital, o sargento do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) Wando Lobato foi denunciado pela própria mãe à Corregedoria da corporação por supostamente ter retirado, sem autorização, cerca de R$ 300 mil da conta dela.

Os saques, que teriam começado em 2009 e continuaram até 2014, renderam processos contra Lobato, que já foi condenado em um deles. Agora, o sargento quer que a mãe retire a queixa para evitar a condenação em segunda instância.

Segundo a Denúncia n° 56.590/2018, a qual o Metrópoles teve acesso, Vera Lúcia Lobato diz ainda que o filho e a nora, Kelen Uhlmann Lobato (foto em destaque), usaram laudos psiquiátricos falsos para interná-la em janeiro de 2010, em uma clínica no estado de São Paulo.

A mulher, que diz ter ficado 30 dias no local, alega que foi liberada ao ser constatado que não possuía nenhum problema psiquiátrico que justificasse a estadia na clínica. No tempo em que permaneceu na instituição, conta Vera Lúcia na denúncia apresentada ao CBMDF, o filho e a nora sacaram valores da conta-corrente dela.

Vera Lúcia só percebeu que estava sendo furtada após deixar a clínica, em fevereiro de 2010. A mulher recebeu uma correspondência do banco onde mantinha a conta e percebeu a retirada de cerca de R$ 60 mil. As movimentações, segundo Vera Lúcia, haviam sido feitas pela nora, pois Kelen tinha as senhas e a confiança da sogra para acessar e administrar a conta.

Condenação judicial

Após brigar com a nora e o filho, o caso foi parar no Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT). Foram abertos dois processos: um criminal, outro cível. O primeiro acabou arquivado, mas, no segundo, o bombeiro e a mulher foram condenados. A pena, incluindo danos morais, os obrigou a pagar pouco mais de R$ 86 mil.

O valor se refere apenas ao último saque percebido por Vera Lúcia, de R$ 60 mil, acrescido de juros e da indenização por danos morais. No entendimento da Justiça, apesar da suspeita da mulher de que o total de desvios chegou a R$ 300 mil, a Justiça só levou em conta o último saque comprovado pela mulher.

Segundo relato de Vera Lúcia à Corregedoria do CBMDF, quando o filho e a nora foram condenados, Wando Lobato a procurou pedindo que tirasse a denúncia.

“Me mantive firme e não retirei o processo. Nos dois meses seguintes, tentaram arrombar minha casa em São Paulo tentou por duas vezes, fato esse que nunca havia acontecido”, relata a mulher à Corregedoria – ela apresentou à corporação cópias das ocorrências policiais.

Outro lado

Ao Metrópoles, o sargento Wando Lobato negou todas as acusações e disse que a mãe deseja prejudicá-lo devido a problemas que ela teve com sua esposa. “Ela ficou muito magoada porque eu fiquei do lado da minha mulher, e agora quer se vingar de mim, para ver se volto a ficar do lado dela. São coisas que a gente tem que resolver em família”, afirmou o bombeiro militar, que disse ter desistido da pré-candidatura a distrital por conta do episódio.

Sobre a internação de Vera Lúcia, Wando explica que havia dois laudos de médicos diferentes, e que os psiquiatras é quem deveriam ser questionados.

Em relação à retirada dos recursos da conta da mãe, Wando explica que fez um empréstimo com autorização de Vera Lúcia, e que já havia pago a dívida. A versão foi a mesma apresentada à Justiça, que rejeitou o argumento.

Procurada pela reportagem, a Corregedoria do Corpo de Bombeiros informou que a denúncia ainda está em fase de investigação e que, por esse motivo, não poderia dar mais informações sobre o caso até a conclusão dos trabalhos.

Matéria do site Metrópoles

Foto: Divulgação/Metrópoles

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s