Filiações partidárias no DF começam a se definir

Os partidos políticos e os pré-candidatos interessados em disputar as eleições deste ano entram para a etapa final das negociações. As legendas visam manter seus quadros e cooptar novos líderes a fim de assegurar que tenham um bom desempenho nas urnas.

Os grandes partidos não medirão esforços para eleger a maior quantidade possível de parlamentares e governadores. A cláusula de barreira é o pesadelo da vez. A regra determina que o candidato a partir de agora terá que alcançar o percentual mínimo de votos para se eleger. Antes, bastava ter um Tirica no partido e estava tudo resolvido.

Portanto, o interesse agora é de ambos os lados, partidos e pré-candidatos. Mas, cuidado que candidato macaco, aquele que fica pulando de galho em galho, pode ser preterido na reta final.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s